Notícias

Sessão de Apresentação do Livro "Crianças em Situação de Rua"

livro Criancas situacao rua 1

O Instituto de Apoio à Criança convida V. Exa. para o lançamento do livro “Crianças em Situação de Rua - O Caso do IAC/Projecto Rua Em Família para Crescer”, da autoria de Matilde Sirgado – Coordenadora do Projecto Rua, no dia 29 de junho, pelas 18h00, na Livraria Bulhosa do Campo Grande (ver mapa).

A sessão contará com a presença da Presidente Honorária do IAC, Dra. Manuela Ramalho Eanes e a apresentação da obra será feita pelo Professor Catedrático do ISCSP da Universidade de Lisboa e da Universidade Aberta, Hermano Carmo e pela Presidente da Direção do IAC, Dra. Dulce Rocha.

A Direção

3º Workshop T.A.L.E. (Training Activities for Legal Experts)

 
   tale 3 workshop 9junho17 1 tale 3 workshop 9junho17 3 tale 3 workshop 9junho17 2 


O 3º workshop TALE teve lugar no dia 9 de junho de 2017, também na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, e teve como tema de fundo as Diretrizes do Comité de Ministros do Conselho da Europa sobre a justiça amiga das crianças.

Neste workshop contámos com a dinamização da Doutora Ana Rita Gil e da Procuradora Ana Massena.

 

A equipa do Projeto TALE/IAC,

Ana Sotto-Mayor, Isabel Porto e Nuno Domingues

 

Programa “Estou aqui” 2017: Reserve já a sua pulseira !

eu estou aqui 2017

Este programa consiste na distribuição de pulseiras gratuitas para ajudar pais e educadores a localizar crianças perdidas durante o Verão.

O lançamento da campanhã decorreu no dia 1 de junho, em Cascais, o lançamento do programa Estou Aqui 2017 da Polícia de Segurança Pública (PSP) com o apoio da Câmara Municipal de Cascais e dos parceiros Fundação PT, MEO, Missing Children Europe, Instituto de Apoio à Criança e Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna.

Este ano o programa traz duas novidades: a idade é alargada, passando a ser dirigido a crianças dos 2 aos 10 anos, e passa a estar ativo 365 dias por ano (de 1 de junho 2017 a 31 de maio 2018).

O programa Estou Aqui baseia-se num sistema inovador que, através de uma pulseira com código alfanumérico, permite (via 112 – Número Europeu de Emergência) de forma célere chegar ao contacto com os pais, educadores ou tutores de uma criança que se encontre perdida, promovendo o reencontro. Os dados são única e exclusivamente geridos pela PSP.

Em cinco edições o programa abrangeu mais de 163 mil crianças.

As pulseiras podem ser pedidas em https://estouaqui.mai.gov.pt/ e ficam disponíveis em poucos dias na esquadra da PSP escolhida. As pulseiras são pessoais, intransmissíveis e gratuitas e podem ser ativadas em outros países da União Europeia.

 

 

X Conferência Crianças Desaparecidas

cartaz X conferencia1

O Instituto de Apoio à Criança, que tem como missão a defesa e a promoção dos Direitos da Criança, vai assinalar o Dia Internacional das Crianças Desaparecidas com a X Conferência Crianças Desaparecidas que terá lugar no Auditório Almeida Santos da Assembleia da República, no próximo dia 30 de Maio.

Este ano, a Conferência irá centrar-se mais uma vez nas medidas de natureza jurídica e humanitária que são imprescindíveis para um digno acolhimento dos refugiados, com especial menção para as crianças não acompanhadas, que têm merecido a nossa maior preocupação, e à tarde exibiremos um filme “A Boa Mentira”, do realizador Phillipe Falardeau, sobre a vida destas crianças nos campos de refugiados.

Dada a pertinência desta temática, temos o maior gosto em convidar V.Exª, para a referida Conferência, que terá início pelas 10H00, conforme programa em anexo.

 

A Presidente da Direção

Dulce Rocha

 

Programa (pdf)

Cartaz (pdf)

 

Notícias deste evento:

Diáro de Notícias

RTP

Colóquio “Como dar voz às crianças na violência doméstica”

coloquio 13 5 2017

 

Colóquio com a Dr. Dulce Rocha, presidente do IAC (Instituto de Apoio à Criança), no Palácio Flor da Murta, no dia 13 de maio de 2017 às 17h.,  seguido de momento musical ao piano por Teresa Palma Pereira.
Mais informações em www.flordamurta.pt
https://www.flordamurta.pt/pt/coloquio-como-dar-voz-as-criancas-na-violencia-domestica/

Musical “O Pátio das Cantigas”,16 de março, no Auditório dos Oceanos, com a presença de Manuela Eanes do IAC

Patiofoto 

Músicas & Musicais do Agrupamento de Escolas Nuno Gonçalves, em colaboração com o Casino de Lisboa, convidam-no a estar presente no próximo dia 16 de março, pelas 17:00 H, no Auditório dos Oceanos, na Gala Solidária “O Pátio das Cantigas”.

Veja aqui o cartaz.

2º Workshop T.A.L.E. (Training Activities for Legal Experts)

 
2 workshop TALE 3 fev 17 2  2 workshop TALE 3 fev 17 4 2 workshop TALE 3 fev 17 3 2 workshop TALE 3 fev 17 6 2 workshop TALE 3 fev 17 7 2 workshop TALE 3 fev 17 8 


O 2º workshop TALE, realizado no dia 3 de fevereiro de 2017, também na FDUNL, foi dedicado ao tema da audição da Criança, numa perspetiva essencialmente prática.

Para esta segunda sessão o IAC convidou a psicóloga clínica e psicoterapeuta, especializada em crianças e jovens, Teresa Lobato Faria, para abordar esta temática não tanto de um ponto de vista jurídico, mas centrado no desenvolvimento psicológico e emocional da Criança, tendo sido utilizado uma dinâmica assente na discussão de casos práticos e role-plays entre os vários profissionais.

A equipa do Projeto TALE/IAC,

Ana Sotto-Mayor, Isabel Porto, Nuno Domingues

 

Notícia sobre este evento publicada no site da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa: clique aqui.

Campanha “Falar de quem ninguém fala”

missing CE migrantes

Para sensibilizar acerca da situação das crianças migrantes e convidar os políticos a tomar medidas para as ajudar, a MCE (Federação Europeia das Crianças Desaparecidas) lançou a campanha “Falar de quem ninguém fala”, no passado dia 18, a nível europeu. O Instituto de Apoio à Criança, como membro da Federação, associou-se a esta iniciativa.

Pretende-se que seja uma campanha de larga escala que se dirige diretamente aos ministros que têm a seu cargo a questão dos migrantes nos Estados-Membros da União Europeia.

O princípio é simples: cada indivíduo, cada organização dos Media, associação ou empresa, é convidada a partilhar uma imagem no FB e mencionar o ministro que tem o pelouro dos refugiados, asilo e migração. No caso de Portugal, trata-se da Senhora Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa.

De acordo com Delphine Moralis, da MCE: “Com esta campanha, pretende-se chamar a atenção para o grande número de pessoas que poderão estar relacionadas com as crianças migrantes na Europa. Escolhemos o FaceBook por ser uma forma de chegar a um vasto número de pessoas num curto espaço de tempo, podendo lançar a petição ao seu ministro através do comentário na sua própria página de FB. O objetivo é que qualquer pessoa que se preocupe com o destino das crianças, possa envolver-se desta forma. É mais que uma petição, uma vez que os próprios governantes serão notificados diretamente no seu posto de trabalho, não podendo desta forma evitar a pressão pública. Espera-se com isto que os Senhores Ministros possa fazer recomendações para melhorar a situação das crianças migrantes.”

A campanha foi lançada em 8 países europeus, juntamente com parceiros da MCE e com a ajuda de páginas populares do FB.

Os cidadãos portugueses são convidados a visitar o site www.mentiontheunmentioned.eu e partilhar a foto e a história no FB.

 

Encontro sobre a Justiça Informal e Administração Interna

Nos dias 26 e 27 de Janeiro irá decorrer um encontro sobre justiça informal e assuntos internos, que terá lugar em Malta. Ministros da Justiça e da Administração Interna estarão presentes, oriundos da UE, para discutir revisões a nível europeu sobre as leis do asilo e da migração.

Esta será uma oportunidade ideal para a MCE em cooperação com o Presidente da Fundação Maltesa para o Bem-Estar da Sociedade se prepararem para ser anfitriões da próxima conferência sobre “Perdidos na Migração: trabalhando em conjunto para proteger as crianças do desaparecimento”.

Sua Excelência Marie-Louise Coleiro Preca, Presidente de Malta e membro da MCE Patron Council, juntamente com outras organizações que tratam deste tema, estarão presentes para propor recomendações para ajudar as crianças em situação de migração.

A campanha “Falar de quem ninguém fala”, que foi lançada no dia 18 de janeiro tem por objetivo pressionar os políticos no sentido de agirem e procurarem soluções com as autoridades competentes.

Poderão seguir a conferência “Lost in Migration” via www.lostinmigration.eu

Press Release da Direção do IAC: clique aqui

 

ASSINATURA DE PROTOCOLO IAC-FDUNL NO ÂMBITO DA CÁTEDRA DOS DIREITOS DA CRIANÇA

4 nov2016 Assinatura Protocolo IAC FDUNL

No âmbito do pedido de colaboração com o Projeto TALE, proposta à Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, na pessoa da Doutora Ana Rita Gil, surgiu a possibilidade de formalizar a parceria entre ambas as instituições, no âmbito da Cátedra dos Direitos da Criança, atribuída à FDUNL, e da responsabilidade da Doutora Teresa Pizarro Beleza.
Neste âmbito, as Direções do IAC e da Faculdade de Direito (UNL), representadas pela  Vice-Presidente do IAC,  Dra. Dulce Rocha e  Subdiretora da FDUNL,  Doutora Helena Pereira de Melo, no dia 4 de novembro de 2016, data da realização do 1º workshop TALE,  um protocolo de colaboração entre ambas as instituições. A FDUNL, através da Cátedra dos Direitos da Criança, é o parceiro português no Projeto TALE, tendo-se iniciado assim a colaboração no âmbito do protocolo assinado.
A equipa do Projeto TALE/IAC,


Ana Sotto-Mayor, Isabel Porto, Nuno Domingues

Largo da Memória, 14, 1349-045 LISBOA +351 213 617 880Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.