O Sector da Humanização dos Serviços de Atendimento à Criança tem, ao longo das últimas décadas, desenvolvido um trabalho em estreita parceria com os profissionais de saúde dos hospitais a nível nacional. A par com os avanços da medicina e das próprias condições oferecidas pelos serviços de saúde existe um tema que se mantém sempre atual: o cumprimento dos direitos da criança na saúde.
Devido à necessidade de se avaliar constantemente os serviços que atendem crianças à luz dos seus direitos, elaborámos uma candidatura ao Regulamento de Atribuição de Apoios pelo Município de Lisboa (RAAML) para o desenvolvimento do Projeto “Dire(i)to ao hospital” com o objetivo final de melhorar os serviços hospitalares do município de Lisboa.
Com base na Convenção sobre os Direitos da Criança e na Carta da Criança Hospitalizada (CCH) o grupo de trabalho “Task Force on Health Promotion for Children and Adolescents in & by Hospitals and Health services (HPH-CA)” da Organização Mundial de Saúde criou ferramentas que permitem avaliar o respeito dos direitos da criança nos serviços de saúde.
A operacionalização deste projeto passa por implementar estas ferramentas de auto-avaliação  às Administrações hospitalares e aos Profissionais de Saúde e ferramentas de avaliação dirigidas às crianças e famílias, sensibilizando, em todos os grupos-alvo, para o respeito dos direitos da criança na área da saúde e suas implicações práticas na vivência do hospital/serviço de pediatria.
Está previsto que o projeto seja implementado em três hospitais da região de Lisboa, com o intuito de se obterem dados relativos aos diferentes Centros Hospitalares de Lisboa, nomeadamente Ocidental, Central e Norte.

Ler 123 vezes
Largo da Memória, 14, 1349-045 LISBOA +351 213 617 880Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.