Projeto: Ação Educar e Formar para Inserir (AEFI)

Descrição

A AEFI está estruturada em três componentes distintas mas complementares entre si:

Componente Pessoal

Componente de Formação complementar que envolve o acompanhamento psicossocial (com base na elaboração de planos individuais para cada formando, com o contributo do próprio, da equipa e dos parceiros envolvidos) e a implementação/desenvolvimento de um Programa de Treino de Competências Pessoais e Sociais.

Nesta Componente, recorre-se a metodologias activas e participativas, como por exemplo: dinâmicas de grupo e rolle plays a fim de dar voz e estimular a participação dos jovens, permitindo a aplicabilidade na sua vida quotidiana. Por outro lado e, como forma de reforço das competências relacionais são utilizadas técnicas lúdico pedagógicas, nomeadamente: visitas sócio educativas, ateliers e atividades de risco controlado.

Componente Escolar

Componente onde são leccionados os conteúdos escolares (formação modular que confere o nível do 4º, 6º e 9º ano de escolaridade), que não obedece à lógica do ano lectivo e que permite individualizar o percurso de cada formando.

Componente Profissional

Componente que visa a aquisição de competências profissionais necessárias à inserção no mercado de trabalho, através de experiências em contexto real de trabalho.

Área de Intervenção

Educação e Social

Público-Alvo

Jovens entre os 14 e os 18 anos, que se encontrem em situação risco e/ou perigo, para os quais foram esgotadas as respostas de integração na área da educação e formação. Apresentam baixa escolaridade e/ou situação de abandono ou, elevado absentismo escolar, estando alguns a cumprir medidas tutelares educativas em meio natural de vida ou tendo sido encaminhados por entidades com competência em matéria de infância e juventude.

Objetivos Gerais

  • Promover o desenvolvimento de competências pessoais/sociais e a aquisição de conhecimentos na área escolar/profissional que permitam a construção de um percurso de vida saudável e a inclusão sócio profissional, pela mudança de comportamentos e atitudes.

Âmbito (Nacional ou Internacional)

Nacional

Identificação de Parcerias Externas

  • ESAN – Rede Europeia de Ação Social
  • Fundação Internacional Carrefour
  • Carrefour Nacional
  • Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social – Programa para a Prevenção e Eliminação da Exploração do Trabalho Infantil (PETI)
  • Escola Secundária D. Dinis
  • Direção Geral de Reinserção Social
  • Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Lisboa Oriental
  • Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

Articulação entre serviços intervenientes e áreas transversais

Cooperação Nacional e Internacional

Período de Execução

De 2005 a 2011; A ser revitalizado em moldes semelhantes (2020)

Principais Resultados

Foram recepcionadas cerca de 250 candidaturas, abrangidos 100 formandos, dos quais 80% foi certificado e o mesmo número prosseguiu os estudos via formação profissional e 60% integrou o mercado de trabalho.

Galeria de Fotos