Projeto “Escolas de (e a) Brincar” apresentado em conferências nacionais e internacionais

O projeto “Escolas de (e a) Brincar”, apoiado pelo Município de Lisboa, foi apresentado no “I Congresso Internacional de Psicomotricidade”, no “V Seminário A Cultura Motora na Escola do 1º CEB”, no webinar “Uma Cultura de Mediação na Escola do Século XXI” e no “8º Congresso Internacional em Saúde”. 

Certos de que este projeto permitiu a manutenção das oportunidades lúdicas em contexto pandémico, salvaguardando o direito a brincar em tempos incertos, continuamos a divulgá-lo em eventos nacionais e internacionais desafiando os profissionais e as escolas a aferirem a possibilidade da sua replicação.  

O projeto teve como objetivos caracterizar e melhorar os espaços de brincar das escolas de 1º CEB de Lisboa e aumentar para todos os grupos-alvo (crianças, famílias e profissionais) o conhecimento do direito a brincar. Em pandemia acrescentou-se ainda como objetivo apoiar os profissionais de educação na gestão dos espaços de brincar. 

Os resultados indicam que o projeto contribuiu para a gestão de espaços em pandemia, com 75% dos inquiridos a concordar totalmente que, em pandemia, estes projetos são muito importantes e 62,5% a concordar que as ações desenvolvidas foram úteis na gestão dos espaços de recreio e que o projeto deve ser partilhado enquanto boa prática. 

Pode ver o webinar de apresentação de resultados do projeto em: 

https://iacrianca.pt/2020/11/webinar-projeto-escolas-de-e-a-brincar/  

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Relacionados

Intervenção