(RE) COMEÇAR…

O mês de janeiro é, por excelência, um mês de recomeço. É o percursor, o que dá o pontapé inicial na partida.

Mais um ano se inicia, mais oportunidades e novas mudanças nos esperam. É hora de colocar em prática todos os planos e promessas que fazemos, de nos enchermos de esperança para prosseguir, juntando uma quantidade infinita de boas energias. Pois foi assim que começámos o 2021. No entanto, a situação pandémica que teima em permanecer e os valores elevadíssimos que atingimos, levou-nos a um novo confinamento que não nos tem impedido de trabalhar e manter-nos ativos no desenvolvimento do nosso trabalho.

Referimo-nos concretamente á resposta a situações de emergência que nos chegam, referentes a casos de crianças/ jovens em situação de fuga.

A equipa tem priorizado o acompanhamento sistemático dos jovens no que se refere, nomeadamente, ás suas rotinas diárias e apoiando o seu regresso ao ensino a distância.

Tem sido necessário, em algumas situações providenciar respostas adequadas às exigências desta nova forma de aprendizagem.

Em simultâneo continuamos a acompanhar todos os agregados, em especial aqueles que requerem um olhar mais atento devido à vulnerabilidade em que se encontram. Neste sentido, a equipa, através de donativos por parte de diferentes entidades, entregou cabazes com bens alimentares e produtos de higiene.

Mantivemos igualmente o encontro de mães e pais, com carácter formativo, propício ao diálogo e à partilha. Durante o próximo semestre, serão dinamizadas on-line várias sessões abordando diferentes temáticas que visam o fortalecimento da relação intrafamiliar e o reforço das competências pessoais, sociais e parentais.

No âmbito do Projeto “Luz verde à Criança”, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, o IAC dispõe de um consultório social que pretende constituir-se como um recurso para o atendimento psicológico, social e jurídico de situações de crianças e jovens em situação de risco.

Durante este mês, esta equipa enquanto dinamizadora do gabinete social, tem respondido a todos os casos que nos têm sido reportados, em articulação com os demais setores e envolvendo os diferentes parceiros, consoante a especificidade de cada situação.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Relacionados

Intervenção