Reunião do Grupo Europeu de Ludotecas (ETL)

O Grupo Europeu de Ludotecas continua a apoiar os diferentes espaços lúdicos na Europa, tendo-se reunido a 13 de abril em plataforma online. Nesta reunião estiveram presentes representantes de 13 países que discutiram o impacto da pandemia nos espaços lúdicos e formas alternativas de funcionamento. 

A situação atual dos espaços lúdicos na Europa é muito variada, sobretudo pelas restrições sanitárias que diferem de país para país. A maioria dos espaços tem mantido o empréstimo de material lúdico, serviço muito requisitado pelas famílias em momentos de confinamento social, sob normas muito específicas quanto à higienização e quarentena de materiais. O privilégio tem sido igualmente dado às sessões ao ar livre ou ao recurso a plataformas online onde são dinamizados jogos e brincadeiras com os utilizadores dos espaços. Em países como a Grécia, a Suíça ou a Bélgica em que os espaços lúdicos funcionam sobretudo com recurso a voluntários acima dos 60 anos, a situação tem sido mais difícil de gerir, mas a vacinação deste grupo abre portas a que se estabeleça alguma normalidade de funcionamento nos meses que aí vêm. 

Nas discussões tidas na reuniãofoi unânime a ideia de que as ludotecas têmem pandemia, um papel fundamental como recurso não  para promoção do direito a brincar, mas também como promotor de resiliência e suporte nas diferentes comunidades. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Relacionados

Intervenção